Evair de Melo pede inclusão do ES em nova resolução que autoriza renegociações de crédito agropecuário

1

O deputado Federal Evair de Melo (PV/ES) já pediu a inclusão do Espírito Santo na nova resolução publicada pelo Banco Central nesta terça-feira (02). O documento autoriza as instituições financeiras a renegociar as operações de crédito rural de custeio e de investimento dos produtores rurais que tiveram prejuízos em decorrência de seca ou estiagem apenas no Estado de Minas Gerais.

“Por isso o nosso trabalho é constante. Somente com muita resiliência e equilíbrio emocional para presenciar mais essa aberração. As autoridades do Banco Central, se é que podemos classifica-los como autoridades, vivem em que planeta? Só Minas Gerais? E o Espírito Santo e os outros Estados que sofrem com os impactos da seca prolongada? Estamos há dois anos com esse trabalho, num esforço coletivo, reunindo documentos, comprovações e tudo foi apresentado”, destaca o deputado Federal Evair de Melo (PV/ES).

A Resolução 4.565/2017 editada pelo Banco Central é resultado da sessão do Conselho Monetário Nacional realizada na quinta-feira passada (27) e autoriza as instituições financeiras a renegociar as operações de crédito rural de custeio e de investimento em situação de adimplência em 31 de dezembro de 2015, vencidas ou vincendas de janeiro de 2016 a dezembro de 2017, contratadas por produtores rurais e por suas cooperativas de produção agropecuária, que tiveram prejuízos em decorrência de seca ou estiagem em municípios do estado de Minas Gerais, compreendidos na área de atuação da Sudene, com decretação de situação de emergência ou estado de calamidade pública reconhecida pelo Ministério da Integração Nacional (MIN) a partir de janeiro de 2016.

“Já iniciamos as negociações e pedimos a inclusão do Espírito Santo. Com certeza, teremos avanços significativos nos próximos dias. Todos devem estar mobilizados. O produtor rural capixaba, o nosso Estado precisa ser respeitado”, completa o deputado Evair de Melo.

Assessoria Evair de Melo

Compartilhar:

1 comentário

  1. Luiz Alberto Schwambach Em

    Brincadeira esta resolução publicada pelo Banco Central beneficiando somente o Estado de Minas Gerais, não li a resolução, mas se a resolução se baseia nos prejuízos causados pela seca ou estiagem prolongadas no Estado de Minas Gerais, e os produtores dos outros estados que estão na mesma situação, como ficam?

Responder para Luiz Alberto Schwambach Cancelar