Agricultores de Pinheiros já podem se cadastrar em programa de reflorestamento remunerado

0

A Secretaria de Agricultura, Obras e Urbanismo e Meio Ambiente da Prefeitura de Pinheiros, em parceria com o Sindicato de Trabalhadores Rurais, anunciou na última quinta-feira (16) a abertura do período de cadastramento do Programa Reflorestar, projeto do governo estadual que incentiva agricultores a empreenderem reflorestamento no município.

As propriedades a serem contempladas em 2019 devem pertencer à microbacia do rio Itauninhas, nas comunidades de Oratório, Cremasco, Jacutinga, Canela D’Ema, Fazenda Paulista, Lajeado, São Domingos, Bonanza, Córrego do Sobrado e São João do Sobrado.

Para obter mais informações a respeito do cadastramento, o interessado deve procurar Carol ou Simone na sede da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, localizada na Praça do Posto ou ligar para o telefone (27) 3765-2500.

Para aderir ao programa, é necessário apresentar CPF e RG; Comprovante de residência; Certificado de Cadastro do Imóvel Rural (CCIR) ou outro documento que comprove a posse da propriedade a ser atendida;Certidão Negativa de débitos federal, estadual e municipal.

O que é o Reflorestar?

O Projeto Reflorestar é uma iniciativa do governo estadual e tem como objetivo promover a restauração do ciclo hidrológico por meio da conservação e recuperação da cobertura florestal, com geração de oportunidades e renda para o produtor rural, estimulando a adoção de práticas de uso sustentável dos solos.

A meta é a recuperação de 80 mil hectares até 2018 por meio deações de restauração e conservação da vegetação nativa, desmatamento evitado e arranjos florestais de uso sustentáveis, conforme previsto pelo Governo do Estado no Planejamento Estratégico 2015/2018.

Esta também é a contribuição do Estado para o Desafio 20×20, iniciativa proposta por países da América Latina e Caribe (LAC), na Conferência das Partes (COP 20) no Peru, em 2014, para restaurar e/ou evitar o desmatamento em 20 milhões de hectares.

Por sua vez, a Iniciativa 20×20 está alinhada com ações de amplitude global, como a Declaração de Florestas da Cúpula de Clima de Nova York, o Desafio de Bonn de restauração de 150 milhões de hectares até 2020 e com movimentos nacionais focados no Bioma Mata Atlântica, como o Pacto pela Restauração da Mata Atlântica.

Quem pode participar?

Todo proprietário de área rural (com prioridade para o pequeno produtor rural) que destina ou queira destinar parte de sua propriedade para fins de preservação do meio ambiente ou para práticas rurais sustentáveis.

Quais os benefícios do Reflorestar?

Entre os benefícios aos participantes, estão:

O Pagamento por Serviços Ambientais (PSA) em reconhecimento aos benefícios gerados pela floresta nativa conservada ou em recuperação;

Apoio financeiro, na forma de Pagamento por Serviços Ambientais (PSA), para auxiliar na aquisição de insumos (mudas, material para cercamento, adubo e outros) necessários para o plantio de novas áreas com florestas;

Modalidades de apoio oferecidas pelo Programa

Floresta em Pé: Pagamento por florestas conservadas e elegíveis para essa modalidade, podendo ser reconhecidos para fins de Pagamento por Serviços Ambientais (PSA) até 10 hectares por propriedade rural;

Regeneração Natural: Aquisição de insumos necessários ao isolamento de uma área para que ocorra a sua recuperação natural, e Pagamento pelos Serviços Ambientais (PSA) gerados;

Recuperação com Plantio: Aquisição de insumos necessários para o plantio de mudas de espécies nativas da Mata Atlântica e Pagamento pelos Serviços Ambientais;

Sistemas Agroflorestais: Aquisição de insumos necessários para implantação de sistemas que combinam espécies florestais com culturas agrícolas como café, cacau, palmito, banana, dentre outras;

Sistemas Silvipastoris: Aquisição de insumos necessários para implantação de sistemas que combinam árvores com pastagens;

Floresta Manejada: Aquisição de insumos necessários para implantação de culturas florestais para o manejo florestal (sem corte raso).

Quanto será pago?

Valores máximos investidos pelo Programa para aquisição de insumos e para o Pagamento pelos Serviços Ambientais – PSA são apresentados na tabela abaixo.

Prefeitura de Pinheiros

Compartilhar:

Deixar um Comentário