Safra brasileira de café conilon crescerá 27% em 2017

0

cafes do brasilCom a produção estimada em 10,1 milhões de sacas de 60kg, a safra de café conilon responderá por 22% do total produzido no Brasil em 2017, o que representará aumento de 26,9% em relação ao ciclo anterior. E a produção do café arábica, estimada em 35,4 milhões de sacas, corresponderá a 78% do total produzido e implicará redução de 18,33% em relação à safra anterior. Caso essas estimativas se confirmem, a safra total dos Cafés do Brasil neste ano será de 45,5 milhões de sacas de 60 kg, uma redução prevista de 11,3% em relação à safra passada (51,4 milhões de sacas).

Esses números da estimativa da safra de café para 2017 citados constam do Segundo Levantamento da Safra de Café (Maio/2017) divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento – Conab. De acordo ainda com os números da Conab, há uma expectativa de queda de 0,5% da área total cultivada, a qual deverá ser de 2,2 milhões de hectares e também queda de 4,1% na área em produção, que é atualmente estimada em 1,87 milhão de hectares em produção. Com relação especificamente ao café arábica, a área dessa cultura será de 1.770,9 mil hectares, sendo 298,9 mil hectares em formação (16,9%) e 1.472 mil hectares em produção (83,1%). E quanto ao café conilon a área ocupada será de 441,4 mil hectares, sendo 42,5 mil hectares em formação (9,6%) e 398,9 mil hectares em produção (90,4%).

A Conab, nas suas análises, atribui a redução da safra do arábica à bienalidade negativa que ocorrerá em 2017, a qual alterna produtividade média menor em um ano com maior no ano seguinte. Nesse caso, a previsão é que o café arábica deverá ter produtividade de 24,07 sacas por hectare e o conilon de 25,41. A elevação da produção e da produtividade do café conilon se deve principalmente à recuperação das lavouras nos estados do Espírito Santo, Rondônia e Bahia, em decorrência do emprego de mais tecnologias do Consórcio Pesquisa Café e de investimentos nas lavouras e, além disso, das boas condições climáticas ocorridas.

Produção estimada pela Conab – De acordo com os dados divulgados no levantamento, os principais estados produtores de café conilon em 2017 serão: Espírito Santo (5,88 milhões), Rondônia (1,87 milhões), Bahia (1,83 milhões) e demais estados produtores somando (0,55 milhões), totalizando 10,13 milhões de sacas de café conilon produzidas. Em relação ao café arábica, os principais estados produtores em 2017 serão: Minas Gerais (25,36 milhões), São Paulo (4,37 milhões), Espírito Santo (2,90 milhões), Paraná (1,26), Bahia (1,01) e demais estados produtores somando (0,52 milhões), totalizando 35,42 milhões de sacas produzidas de café arábica. Com esses números, a estimativa de safra total dos Cafés do Brasil será de 45,56 milhões de sacas.

Consórcio Pesquisa Café

Compartilhar:

Deixe uma resposta